Search

Cratera no Belvedere pode ter obra de reparação retomada

De acordo com a PBH, a empresa contratada realizou adequações no plano de ação após a fiscalização da Superintendência Regional do Trabalho (SRT-MG). 

Nesta quarta-feira (20) a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) protocolou um pedido de retomada da obra na cratera que se abriu na Avenida Presidente Eurico Dutra, no Bairro Belvedere, na Região Centro-Sul da capital. Até então, a realização da reparação do asfalto havia sido paralisada devido a irregularidades no andamento da obra.

De acordo com a PBH, a empresa contratada realizou adequações no plano de ação após a fiscalização da Superintendência Regional do Trabalho (SRT-MG). Ainda será realizada uma nova vistoria no local e a SRT-MG deve dar um novo parecer nos próximos dias. 

Entre as  falhas encontradas na primeira fiscalização estavam a ausência de uma inclinação adequada para assegurar a estabilidade de um aterro, fator crucial para prevenir potenciais riscos de soterramento de trabalhadores envolvidos na substituição dos tubos da rede. Além disso, foram constatadas falta de medidas de isolamento nas bordas do buraco e de suporte para o talude, elementos essenciais para a segurança no local de trabalho.

Segundo informações da prefeitura, uma vez que a autorização for concedida, os trabalhos serão reiniciados de forma imediata. O prazo estimado para a conclusão da obra é de 10 dias a partir do reinício das atividades.

Entenda o caso

No dia 7 de março, um incidente ocorreu na avenida Presidente Eurico Dutra, onde um buraco de cerca de 4,5 metros de profundidade se formou devido a uma falha no sistema de drenagem pluvial, de responsabilidade da prefeitura municipal.  O veículo de um médico caiu na cratera e o homem foi hospitalizado. 

Confira a nota da PBH  na íntegra:

A Prefeitura de Belo Horizonte informa que a empresa contratada realizou as adequações solicitadas, apresentou o relatório fotográfico e pediu a liberação da obra na quarta-feira (20). A PBH esclarece que assim que ocorrer a liberação, os trabalhos serão retomados imediatamente. A previsão de conclusão da obra é de 10 dias após a retomada dos trabalhos.

Compartilhe nas suas redes sociais:

Lorena Cordeiro

Lorena Cordeiro

Jornalista e mestre em Comunicação pela Universidade Federal de Ouro Preto – UFOP. Repórter no Portal Bem Minas desde 2020 nas editorias Meio Ambiente, Mineração e Energias Renováveis.

Artigos em alta